27/11/2007
Massa: 'Schumacher motivou todos'..
27/11/2007
Schumi: 'Não tenho mais nada a provar'...
27/11/2007
Guga torcia por Massa, mas esperava vitória de Schumacher...
27/11/2007
Massa fica satisfeito com sucesso do Desafio das Estrelas...
27/11/2007
Schumacher quer disputar Desafio em 2008 de novo...
25/11/2007
Michael Schumacher vence Desafio Internacional das Estrelas...
25/11/2007
Schumacher vence a primeira do Desafio das Estrelas...
24/11/2007
Nelsinho Piquet é o pole no Desafio das Estrelas...
23/11/2007
Desafio das Estrelas: Massa diz que Schumacher é favorito...
22/11/2007
Desafio Internacional das Estrelas: tudo pronto em Floripa...
21/11/2007
Desafio das Estrelas faz largada simbólica em Floripa...
19/11/2007
Tarso Marques substitui Liuzzi no Desafio das Estrelas...
14/11/2007
Desafio das Estrelas confirma 25 pilotos em Florianópolis...
07/11/2007
Massa chama Marcos Gomes para Desafio das Estrelas...
06/11/2007
Maurício correrá no Desafio Internacional das Estrelas...
05/11/2007
Gil de Ferran volta no Desafio Internacional das Estrelas...
29/10/2007
Desafio Internacional das Estrelas põe ingressos à venda...
26/09/2007
Credenciamento de Imprensa...
09/08/2007
Massa anuncia Schumacher no Desafio Internacional das Estrelas...
 
Domingo, 25 de novembro de 2007

Michael Schumacher vence Desafio Internacional das Estrelas

Alemão dá show em Florianópolis e promete voltar em 2008

FLORIANÓPOLIS – Apontado como favorito por Felipe Massa, seu colega na Ferrari e promotor do evento, Michael Schumacher venceu a edição-2007 do Desafio Internacional das Estrelas, prova realizada neste domingo no Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis. Com a vitória na primeira bateria e o sexto na segunda, o heptacampeão mundial da Fórmula 1 somou 35 pontos. Luciano Burti, com 33, foi o segundo e Lucas di Grassi, da Fórmula GP2, terminou em terceiro com 31. O anfitrião Massa ainda foi superado por Rubinho Barrichello (26) e fechou na soma geral em quinto (24).

A ilustre presença do alemão, cujo show de técnica nas duas provas levantou as arquibancadas e causou a invasão da pista na cerimônia de premiação, está garantida no ano que vem. Na entrevista coletiva ao final da corrida, Schumacher esbanjou humildade e simpatia. Perguntado se estava surpreso pela vitória em sua primeira visita ao circuito, saiu-se com esta: “Eu disse ao Felipe que estava preocupado em não ser o último”, respondeu, para risadas generalizadas. E avisou que dependia apenas de novo chamado para voltar em 2008. Diante dos jornalistas, Massa não perdeu a oportunidade de ouro e formalizou o convite, aceito de imediato. Para selar o compromisso, os dois cumprimentaram-se com as mãos. Respondeu às questões com bom-humor e ainda autografou as credenciais de repórteres à saída da sala.

O vencedor de 2006 ficou tão satisfeito com o sucesso do evento que nem ligou para o 5º lugar. “Eu sabia que seria difícil ganhar novamente, porque o nível técnico da competição estava altíssimo, ainda maior que no último ano. Mas foi legal me sentir meio que em Monza, com o público pulando o alambrado para chegar perto dos pilotos”, comemorou Massa. Na contabilidade dos organizadores, cerca de 10 mil pessoas, entre torcedores das arquibancadas e áreas VIPs, estiveram no Kartódromo dos Ingleses.

Na pista, Schumacher deu mais uma amostra da conhecida classe. Terceiro no grid da primeira prova, precisou de apenas duas voltas para assumir a liderança e disparar na ponta, enquanto os rivais perdiam tempo ao brigar entre si. Na segunda, partindo em oitavo por causa do sistema de grid invertido dos oito primeiros da primeira bateria, estava conseguindo subir rapidamente na classificação, mas se envolveu em choque com o pole Thiago Camilo e perdeu rendimento. “Quando vi que estava sem freios, preferi apenas levar o kart até o fim”, explicou. Também beneficiado pelas disputas, Lucas di Grassi foi o primeiro a receber a bandeira quadriculada que lhe garantiu a mesma terceira colocação geral de 2006.

Luciano Burti não escondeu a satisfação com o segundo lugar. “Para quem está há alguns anos na Stock Car, foi um excelente resultado. Tem um bando de garotos aqui que vem correndo de fórmula e está mais habituado ao kart”, lembrou. Ao elogiar o crescimento do evento, Burti fez questão de agradecer a Massa, pela iniciativa, e a Schumacher, pela participação na prova. “É só olhar a quantidade de imprensa que está aqui hoje para sentir como eles foram importantes”, observou.

O resultado das provas:

1ª bateria

1º) Michael Schumacher, 32 voltas em 21min59s406 (média de 90,62 km/h)
2º) Nelsinho Piquet , a 5s687
3º) Luciano Burti, a 5s737
4º) Rubens Barrichello, a 8s147
5º) Lucas Di Grassi, a 8s218
6º) Marcos Gomes, a 9s090
7º) Felipe Massa, a 16s328
8º) Thiago Camilo, a 16s548
9º) Ricardo Zonta, a 18s736
10º) Tonny Kanaan a 19s107
11º) Enrique Bernoldi, a 22s220
12º) Vitor Meira, a 22s616
13º) Ricardo Mauricio, a 29s499
14º) Cacá Bueno, a 34s065
15º) Popó Bueno, a 34s252
16º) Tarso Marques, a 36s523
17º) Roberto Pupo Moreno, a 36s703
18º) Xandinho Negrão, a 1 volta
19º) Gil de Ferran, a 1 volta
20º) Antonio Pizzonia, a 10 voltas
21º) Felipe Giaffone, a 10 voltas
22º) Rodrigo Sperafico, a 12 voltas
23º) Alexandre Barros, a 31 voltas

Melhor volta: Rubens Barrichello, em 40s681

2ª bateria

1º) Lucas Di Grassi (SP), 32 voltas em 22min12s328 (média de 89,75 km/h)
2º) Luciano Burti (SP), a 3s506
3º) Felipe Massa (SP), a 4s579
4º) Rubens Barrichello (SP), a 4s775
5º) Marcos Gomes (SP), a 6s674
6º) Michael Schumacher (D), a 7s087
7º) Felipe Giaffone (SP), a 7s273
8º) Antonio Pizzonia (AM), a 11s157
9º) Tony Kanaan (BA), a 16s198
10º) Vitor Meira (DF), a 21s943
11º) Enrique Bernoldi (PR), a 23s248
12º) Rodrigo Sperafico (PR), a 24s042
13º) Ricardo Zonta (SP), a 29s616
14º) Roberto Pupo Moreno (DF), a 30s973
15º) Luca Badoer (I), a 31s273
16º) Popó Bueno (RJ), a 31s416
17º) Nelsinho Piquet (DF), a 1 volta
18º) Ricardo Mauricio (SP), a 1 volta
19º) Tarso Marques (PR), a 1 volta
20º) Thiago Camilo (SP), a 2 voltas
21º) Cacá Bueno (RJ), a 12 voltas
22º) Alexandre Barros (SP), a 13 voltas
23º) Gil de Ferran (SP), a 14 voltas
24º) Xandinho Negrão (SP), a 23 voltas

Melhor volta: Michael Schumacher, em 40s956

Classificação final:
1) Michael Schumacher, 35;
2) Luciano Burti, 33;
3) Lucas di Grassi, 31;
4) Rubens Barrichello, 26;
5) Felipe Massa, 24;
6) Marcos Gomes, 21;
7) Nelson Piquet, 20;
8) Tony Kanaan, 13;
9) Ricardo Zonta, Enrique Bernoldi e Vitor Meira;
12) Felipe Giaffone, 9;
13) Thiago Camilo e Antonio Pizzonia, 8;
15) Ricardo Sperafico, 4;
16) Ricardo Maurício, 3;
17) Caca Bueno e Roberto Pupo Moreno, 2;
19) Popó Bueno, 1.

O Desafio Internacional das Estrelas é organizado pela Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos, com patrocínio de Bridgestone, Prefeitura de Florianópolis, Governo de Santa Catarina e SOL, co-patrocínio de Old Eight, Fiat, Varig, CCE e Yamaha e apoio de Beiramar Shopping, JK Pneus, Costão do Santinho e Help.

Márcio Fonseca (MTb 14.457)